topo defesa civilDesde a sexta feira (18/2), Minas Gerais vem sendo impactada devido às chuvas de alta intensidade. O Governo de Minas, por meio do Gabinete Militar do Governador/Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, mobilizou todo seu efetivo para trabalhar no enfrentamento aos desastres causados pelas fortes chuvas. Equipes da Cedec tem atuado, in loco, nas regiões mais afetadas (Zona da Mata e Alto Caparaó).

Algumas cidades foram inundadas e moradores tiveram que deixar suas residências. Além disso, vias públicas e pontes ficaram danificadas e restringiram o acesso principalmente às comunidades rurais.

Gabinetes de crise instaurados

O Sistema de Controle de Operações (SCO), metodologia adotada pela Defesa Civil Estadual para gestão de desastres, foi implantado em Carangola e Matipó, com participação dos principais órgãos do Estado e município. A ferramenta tem demonstrado eficiência para o controle dos pontos sensíveis e priorização das ações para restabelecimento dos serviços essenciais e atendimento aos afetados.

Materiais de ajuda humanitária

A Defesa Civil Estadual também vem atuando no fornecimento de materiais de ajuda humanitária. Até o momento, dois caminhões, com mais de 800 itens (colchões, kits de higiene pessoal, etc) foram enviados para os municípios dessas regiões.

Santa Maria de Itabira

A Defesa Civil Estadual também está atuando em Santa Maria de Itabira, município da Região Central, que sofreu com fortes chuvas na madrugada e manhã deste domingo (21/2). A equipe está realizando, conjuntamente com o outros órgãos, a análise da situação e irá dar todo o suporte necessário à cidade.

Sistema de Alertas

A Defesa Civil de Minas Gerais, em parceria com o Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam), envia, diariamente, mensagens de SMS, com alertas meteorológicos. Para se cadastrar e receber os alertas basta enviar uma mensagem de texto (SMS), informando o CEP da residência ou local desejado, para o número 40199. Esse cadastro é muito importante, pois, ao receber o alerta, o cidadão pode tomar suas medidas de atenção e autoproteção e ajudar outras pessoas.