foto redec chuvas

O Governo do Estado, por meio do Gabinete Militar do Governador (GMG)/Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), está atento aos alertas meteorológicos desde o início do período chuvoso e tem colocado à disposição todo o efetivo da Defesa Civil Estadual para apoiar os municípios mineiros em caso de necessidade.

Em razão das chuvas intensas que, por hora, atingem diversas localidades de Minas Gerais, a Cedec tem acompanhado, principalmente, as regiões Metropolitana, Leste e Zona da Mata.

Sem Peixe

Após receber informações sobre as fortes chuvas que atingiram o município de Sem Peixe, a Defesa Civil Estadual enviou seu Agente Regional para acompanhar a situação no município e, em conjunto com guarnições do Corpo de Bombeiros Militar (CBMMG) e da Polícia Militar (PMMG), iniciou as ações de socorro, assistência e restabelecimento dos serviços essenciais à população.

Ainda para apoiar o município, foi acionado o Grupo Estratégico de Resposta (GER), do Estado, visando o restabelecimento da normalidade da maneira mais célere possível. Os órgãos competentes estão envidando todos os esforços para atendimento pleno à população e retomada dos serviços essenciais.

Dentre os integrantes do GER, destaca-se a atuação da Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), sobretudo a Polícia Militar Rodoviária (PRV), o Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG), a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade (SEINFRA), o Departamento de Estadual de Estradas e Rodagens (DEER), a Companhia de Saneamento Básico de Minas Gerais (COPASA) e a Companhia Energética de Minas Gerais (CEMIG), que foram acionadas pela Cedec para as ações de resposta junto ao município. Além disso, para atendimento das residências afetadas pelas chuvas, equipes de assistência social do município foram deslocadas para levantamentos de dados, que ainda estão sendo realizados.

A energia elétrica foi restabelecida e há um conjunto de esforços para o reparo numa adutora que realiza o abastecimento de água no município. Apesar de a Copasa não ser a responsável pelo fornecimento da água para o município, a entidade colocou-se à disposição para apoiar tecnicamente no restabelecimento daquele serviço de abastecimento.

Também foi instalado o Sistema de Comando em Operações (SCO), ferramenta utilizada para otimizar a coordenação e controle nas ações de resposta em casos de emergências e situações críticas. Ainda, a Cedec orientou o município sobre a confecção do decreto de Situação de Emergência (SE) e pedido de reconhecimento dessa circunstância junto ao Estado.

Outros municípios

Além do município de Sem Peixe, chegou ao conhecimento da Cedec estragos causados pelas fortes chuvas nos municípios de Alvinópolis, que decretou situação de emergência em virtude de a força das águas ter “levado” uma ponte e causado inundação nas ruas da cidade. O Regional da Cedec está no município e tem prestado todo apoio necessário.

Em Ribeirão das Neves, uma ação preventiva possibilitou a retirada de uma família de um imóvel que poderia ser afetado pelo deslizamento de um barranco.

Em São Pedro dos Ferros, houve inundação de algumas vias, porém o curso d'água retornou ao seu estado de normalidade.

Em todas as situações não houve vítimas feridas ou mortas e algumas pessoas estão alojadas provisoriamente em casas de parentes.

Os números de desalojados e desabrigados segue em levantamento pelas respectivas Coordenadorias Municipais de Proteção e Defesa Civil (Compdecs) e o serviço social das prefeituras.

Rodovia bloqueada

Além disso, durante a madrugada dessa quinta-feira (11/11), na altura do km 14, rodovia federal delegada, BR 381, área urbana do município de Timóteo ocorreu o deslizamento de uma encosta, que obstruiu totalmente a via. Equipes da prefeitura e DNIT estão no local para solução do problema.

O acesso da população local à capital mineira e a outras cidades no referido percurso poderá ser feito por itinerário alternativo, fora do perímetro urbano da BR-381.

Equipes da Polícia Rodoviária Estadual (PRV) estão a postos para orientações e intervenções pontuais, caso necessárias. Não há previsão de liberação da via.

Ao mesmo tempo, houve deslizamento de terra em trecho na BR do Anel Rodoviário, Km 273, trecho entre Timóteo e Jaguaraçu, área de competência da Polícia Rodoviária Federal. Segundo a PRF, devido à presença de muita lama na pista. O local estava com passagem somente em uma pista, controlado por operadores de “PARE e SIGA” e foi totalmente liberado por volta das 15h de ontem (11/11).

Plantão

Diuturnamente, a Defesa Civil Estadual mantém um plantão em condições de apoiar as Compdecs. Além do trabalho de assistência aos municípios por meio remoto (telefone/email), a Defesa Civil faz-se presente em campo, sempre que acionada. A Cedec também tem realizado, 24h por dia, o monitoramento de eventos adversos no Estado, para que, caso seja necessário, possa deslocar equipes para atuar in loco, bem como enviar materiais de ajuda humanitária, como, por exemplo, colchões, kits de higiene, limpeza e roupas, dentre outros.

Boletim

Diariamente, a Cedec divulga o Boletim Informativo no site oficial do órgão (www.defesacivil.mg.gov.br). O documento contém informações e dados sobre o período chuvoso e também apresenta todos os municípios com decreto de Situação de Emergência (SE) e de Estado de Calamidade Pública (ECP) em vigência.

Sistema de Alertas

A Defesa Civil de Minas Gerais, em parceria com o Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Igam), e apoio da Cemig, envia, diariamente, mensagens de SMS, com alertas meteorológicos. Para se cadastrar e receber os alertas basta enviar uma mensagem de texto (SMS), informando o CEP da residência ou local desejado, para o número 40199. Esse cadastro é muito importante, pois, ao receber o alerta, o cidadão pode tomar suas medidas de atenção e autoproteção e ajudar outras pessoas.